Sobre a Frente Dom Paulo

 

Somos um movimento que visa mobilizar comunidades, através da sua convivência nos ambientes das religiões – e de outra formas de convivência cultural – para a união em defesa de justiça, paz e direitos humanos, e para o compromisso em impedir retrocessos nas conquistas civilizatórias sintetizadas na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A Frente Dom Paulo foi criada no movimento contra a criminalização dos movimentos sociais, na Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, em vista das urgências derivadas dos conflitos sociais no país. Já participaram nas reuniões e visitas que vêm conceituando e dando forma à Frente Dom Paulo, lideranças das várias religiões cristãs, do judaísmo, do budismo, do islamismo, das religiões de matriz africana (candomblé e umbanda), do kardecismo, e da fé Baha´i.

No Ato que promovemos na Catedral da Sé no dia 10 de dezembro, celebrando os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, fica consagrada a nossa diversidade e compromisso inter-religioso com os Direitos Humanos, incorporando também as religiões indígenas, e aderentes a outros sistemas de crenças e filosofias.