Secretário do Cimi denuncia governo Bolsonaro em sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU

(Revista IHU — Instituto Humanitas Unisinos)

5 MIN LEITURA

São Leopoldo – (Renato Santana, Cimi)

Dirigir-se às Nações Unidas para falar à comunidade internacional tornou-se, nos últimos anos, um importante mecanismo de denúncia e controle social da política indigenista praticada pelo governo brasileiro. Se no âmbito doméstico não há diálogo, em algum lugar do mundo deve haver. Mais uma vez, no decorrer desta semana, lideranças indígenas e organizações indigenistas estão em Genebra, na Suíça, para participar da 41ª Sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU)   (…)


.

  • [0] Leia mais: Revista IHU — Instituto Humanitas Unisinos