Mantida Secretaria de Saúde Indígena (SESAI)

(Facebook “Árvore, Ser Tecnológico”)

4 MIN LEITURA

São Paulo – A repercussão dos protestos indígenas entre 27 e 28 de março terminou por manter a Secretaria de Saúde Indígena. Após manifestações, ministro da Saúde desistiu de extinguir secretaria.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recuou nesta quinta-feira (28) da decisão de extinguir a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena). A decisão ocorre após protestos em diferentes pontos do país, após reunião com lideranças indígenas nesta quinta-feira 28 de março de 2019. (Ver matéria da Folha de S. Paulo)

Eis a dimensão dos protestos indígenas entre 27 e 28 de março, com bloqueios nas principais rodovias do país. A cobertura na imprensa exibiu brevemente protestos locais (links abaixo) sem mostrar o tamanho da força e a belíssima organização nacional do movimento pacífico que defende o meio-ambiente e a floresta em pé por todos nós.

Medidas provisórias e decretos têm violado os direitos indígenas e ambientais garantidos na Constituição Federal. “Em menos de 90 dias de governo já desmontaram 30 anos de política indigenista”, alerta a APIB – Articulação dos Povos Indígenas do Brasil. A pauta indígena é de todo defensor da natureza e da rica biodiversidade brasileira. Queremos que a nossa Constituição seja respeitada  (…)

Frente Dom Paulo

Redação Frente Dom Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.