30/01: Ato reúne Judias e Judeus com Lula Pela Paz e Contra o Nazismo

(Jornalistas Livres)


Na semana em que são celebrados os 75 anos da libertação de Auschwitz, campo de concentração nazista na Polônia que matou mais de 1 milhão de pessoas, o ex-presidente Lula se reuniu com um grupo de judias e judeus em um ato “pela paz e contra o nazismo” no Sindicato dos Químicos de São Paulo.


 

Durante o evento, que reuniu mais de 300 pessoas, entre intelectuais e personalidades da comunidade judaica nas áreas das ciências, das artes, da economia, aconteceu a entrega da “Carta de Judias e Judeus de apoio ao presidente Lula” que denuncia a perseguição sofrida pelo ex-presidente e reconhece sua importância para a construção de uma cultura de paz. A carta já conta com centenas de assinaturas e permanecerá aberta para novas adesões.

São Paulo SP 30 01 2020- O Ex presidente Luiz Inacio LULA da Silva durante ato contra o nazimo com participação da sociedade civil politicos e sindicalistas no sindicato dos Quimicos.foto Paulo Pinto/Fotos Publicas

Fernando Haddad, Gleisi Hofmann, Celso Amorim, Márcio Pochmann, Alexandre Padilha também estiveram presentes e deram seus depoimentos sobre a situação atual que enfrenta a política brasileira, após um ano do governo da extrema direita de Jair Bolsonaro que vem demonstrando posturas cada vez mais autoritárias em relação às políticas públicas, imprensa e adversários políticos.

Recital de poesia e música ao vivo compuseram a programação, que teve o apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Pastoral dos Trabalhadores. O ato aconteceu no dia 30 de janeiro, quinta-feira, às 19 horas e teve duração de uma hora e meia.
Os Jornalistas Livres transmitiram o evento ao vivo em suas páginas do Facebook e YouTube.

Leia mais sobre o evento na reportagem da Rede Brasil Atual


Judias e Judeus com Lula pela Paz e contra o Nazismo
30/01/2020 – 19 horas
Sindicato dos Químicos de SP
Rua Tamandaré, 348 – Liberdade

Frente Dom Paulo

Redação Frente Dom Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.